15
Abr

Essere Group: Centro de Serviços Compartilhados (CSC) opera pela excelência de serviços e otimização de resultados em suas quatro unidades de negócios

Com investimento de R$ 3 milhões, o CSC é a estrutura de gestão utilizada pela holding formada por Bionat Agro, Floema, Kimberlit Agrociências e Loyder

Os Centros de Serviços Compartilhados começaram a ter importante papel nas corporações, transformando-se em importante diferencial competitivo voltado para a excelência de serviços e otimização dos resultados. Em alinhamento a essa premissa e de olho no amplo mercado do agro nacional e mundial, a nova holding Essere Group, que agrega Bionat Agro, Floema, Kimberlit Agrociências e Loyder, inaugura o Centro de Serviços Compartilhados (CSC) com o objetivo de padronizar processos, reduzir custos, obter dinamismo nas operações e investir fortemente em tecnologia aplicada para entregar cada vez mais valor as unidades de negócio do Grupo.

De acordo com Renato Peixoto, Diretor Financeiro & Administrativo, Relacionamento com Investidores e do CSC: “Sob o ponto de vista de gestão aplicada, o CSC exerce papel fundamental e nasce para suportar uma forte expansão projetada pela holding nos próximos anos”. Além disso, com a abertura do CSC ocorrerão mudanças na forma de trabalhar, nas relações entre os departamentos, nos controles, nas rotinas diárias das quatro unidades de negócios, Bionat Agro, Floema, Kimberlit Agrociências e Loyder, que formam a holding. Renato Peixoto destaca que todas as solicitações, por exemplo, serão feitas através de um sistema BPM (Business Process Management - Gerenciamento de Processos de Negócio), que consiste em um gerenciamento adaptável, que facilita os processos organizacionais. E exemplifica: “Uma demanda do departamento de RH - da abertura de uma vaga, passando pelas várias fases do processo, como divulgação, captação, pré-seleção, testes de aptidão, análise técnicas até a contratação, será organizada por esse sistema. É importante entender que o BPM vai mapear 100% dos processos. Vamos automatizar tudo”.

Com a abertura do CSC, outro aspecto essencial diz respeito à mudança da cultura organizacional entre os colaboradores e gestores das quatro unidades de negócios. Para que esse processo transcorra de modo prático e operacional foram definidas as seguintes metas para 2021 e 2022:

Metas para 2021

Automatizar rotinas e cargas de dados para eliminar redigitação de informações;

Eliminar as planilhas de Excell do nosso fluxo de processo;

Simplificar e desburocratizar os processos de atendimento e processamento interno;

Melhorar a coordenação e colaboração entre as áreas internas do CSC e com as demandas através de regras claras em papeis e responsabilidades definidas;

Comprovar que o CSC agrega valor às nossas unidades de negócios;

Padronizar práticas, processos, métodos e ferramentas de gestão;

Maior sinergia para reduzir custos e riscos do processo;

Diminuir as despesas administrativas das unidades de negócios através de ganhos de escala;

Aprimorar competências e habilidades da equipe, no desenvolvimento das atividades do CSC, aumentando o nível de conhecimento de todos os colaboradores;

Oferecer soluções integradas nas nossas unidades de negócios.

Metas para 2022

Garantir a previsibilidade de entrega de nossos serviços em 99%;

Disponibilizar em 70% do nosso catálogo de serviços em autoatendimento;

Disponibilizar 100% dos relatórios e indicadores de forma automatizadas e sem a necessidade do manuseio de pessoas;

Delimitar a representação dos custos operacionais do CSC em 3% da receita global das unidades de negócios;

Receber nota 9 na pesquisa de satisfação sobre a qualidade dos serviços do CSC, pesquisa essa feita com os nossos colaboradores;

Estar 100% em conformidade com as regulamentações legais de meio ambiente;

Promover 50% dos aplicativos em versão móvel e 100% das aprovações de modo eletrônico.

O CSC chega para aumentar a segurança nos processos que serão iguais para todas as unidades de negócios. Possui colaboradores trabalhando no modelo híbrido. Com estrutura física, incluindo as áreas de marketing, administração de vendas, supply chain, gestão de pessoas (RH), controladoria, sistemas de TI, administrativa e financeira, sua estrutura física inclui salas de videoconferência, salas de reuniões tradicionais e compartilhadas.

O CSC está operando em São José do Rio Preto, interior de São Paulo. É um ponto de união das quatro unidades de negócios. No futuro, será transformado em uma unidade de negócio, podendo apoiar outras empresas do grupo.

Bionat é a 1ª empresa do segmento genuinamente nacional a conquistar o selo ISO 14001.

Saiba Mais